Prejuízo com a suinocultura leva produtores a desistirem da atividade em MS
CI
Agronegócio

Prejuízo com a suinocultura leva produtores a desistirem da atividade em MS

Por: -Admin

Recente levantamento realizado pela Cooperativa de Suinocultores de São Gabriel do Oeste (Coasgo), aponta que a suinocultura do Mato Grosso do Sul já perdeu cerca de quatro mil matrizes, pelo fato de muitos criadores terem desistido da atividade. Conforme o presidente da entidade, Balduíno Mafissoni, "os custos de produção cresceram em função da alta nos preços dos insumos (milho e soja), e de uma remuneração estagnada". O déficit atual é de cerca de R$ 0,24 por quilo, já que o custo de produção fica em torno de R$ 1,84 por quilo, para um valor recebido de R$ 1,60.

Mafissoni destaca que não são apenas os produtores que estão deixando a atividade. Segundo ele, os fretistas, em função das altas do diesel e dos elevados custos de manutenção dos veículos também estão desistindo da tividade. Eles recebem pelo quilo do suíno transportado o mesmo que recebia quando era R$ 0,90, afirma.

Para agravar a situação, a Rússia e o mercado externo em geral deixaram de importar derivados suínos de Santa Catarina, devido a focos da doença de Aujeszky no rebanho local. Desse modo, o presidente da Coasgo entende que a tendência é de que o mercado interno permaneça saturado, fator que gera queda nos preços e o fechamento de empresas do setor.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.