Premiação do Top Branding Rural avalia qualidade de empresas do agronegócio
CI
Agronegócio

Premiação do Top Branding Rural avalia qualidade de empresas do agronegócio

Helena Matsuda recebe o prêmio pelas mãos de Flávio Albim, diretor da revista Rural
Por:
Helena Matsuda recebe o prêmio pelas mãos de Flávio Albim, diretor da revista Rural

“Criamos uma espécie de vestibular para o agronegócio”. Com essa frase, Flávio Albim, diretor da Revista Rural, explicou a criação de uma nova pesquisa, a Top Brands Quality, cujos resultados foram divulgados na noite de entrega do prêmio Top List Rural, que aconteceu nesta segunda-feira, 5, no restaurante A Varanda, em São Paulo, e reuniu executivos e empresários de mais de vinte empresas vencedoras da premiação. Falando ao Canal de Tevê da Matsuda, uma das empresas premiadas com o Top List, por dez anos consecutivos, Flávio Albim afirmou que a nova pesquisa foi criada com o objetivo de apontar caminhos que possam indicar para as empresas onde estão os seus pontos fortes, e também, os fracos. “Pensando nessa questão, a Revista Rural decidiu inovar mais uma vez e aprofundar seu conhecimento sobre a forma de como o consumidor enxerga as principais empresas que atuam no agronegócio”, destacou.


Assim, o mercado ganhou também um terceiro produto, o Top Brands Quality, onde o produtor tem a oportunidade de avaliar e dar notas a cada uma das principais empresas que atuam neste segmento, em 20 quesitos, relacionados diretamente à qualidade do trabalho oferecido por elas, para o crescimento do agronegócio. Os quesitos foram divididos em duas categorias distintas: imagem e ação. Na categoria Imagem, o consumidor pode avaliar a empresa, quanto à credibilidade, tradição, solidez, confiabilidade de seus produtos, simpatia, parceria, inovação, criatividade, tecnologia e pesquisa.

Na categoria ação, o consumidor julgou quanto a produtos eficientes, portfólio completo de produtos, preço justo, orientação técnica, assistência ao cliente, proximidade com o cliente, canal de comunicação com o cliente, ações de marketing, comunicação corporativa e até a funcionalidade de seu website.

Além das notas individuais de cada empresa, o estudo aponta também as empresas que se destacaram em cada um dos quesitos avaliados pelo produtor, criando um ranking para cada um deles. “Durante a elaboração do Top List deste ano, foram enviados 1.000 questionários especiais, que continham formulários para avaliações do Top Brands Quality inclusos. Eles foram mandados por e-mail, exclusivamente para leitores da Revista Rural, em primeiro de setembro deste ano. Pouco mais de um mês depois, 631 destes formulários haviam sido devolvidos, preenchidos. As notas foram dadas de zero a dez, podendo o produtor dar notas quebradas, como, por exemplo: 6,7 ou 9,3. Os números divulgados no trabalho correspondem à média das notas atribuídas a cada um dos quesitos”, destacou Albim.


Para não dificultar o trabalho e onerá-lo demais, Albim explica que decidiu concentrar a pesquisa Top Brands Quality apenas entre as empresas ganhadoras do Top List, em 2010. “Achamos coerente atrelar o Top Brands Quality ao Top List, pois essas empresas se configuram nas preferidas dos nossos leitores e tentar descobrir o porquê do sucesso delas é mais uma contribuição interessante que podemos dar ao mercado”, assinalou o jornalista, também conhecido no mercado como um empreendedor da comunicação e do marketing, lembrando que é o criador das outras duas pesquisas, Top of Mind e Top List Rural, que, realizadas pela editora há mais de uma década, e que, nesse período ajudaram a avaliar a qualidade do marketing realizado pelas empresas (com o Top of Mind) e a apontar as marcas e produtos que conquistaram a preferência do homem do campo (com o Top List).

De acordo com Flavio Albim, os números permitem identificar, por exemplo, onde a empresa vem tendo melhor desempenho, se na sua ação no mercado ou no cultivo de sua imagem, ou então, quais são os seus pontos fortes e os que precisam ser mais trabalhados. “Há empresas que foram muito bem no quesito imagem, com forte avaliação em tradição e solidez, mas deixam a desejar em tecnologia e pesquisa. Dependendo do ramo em que atua, isso pode comprometer seu sucesso no futuro”.

Outras vão bem quanto ao desenvolvimento de novos produtos, em assistência técnica, mas não conseguem passar uma imagem simpática ao consumidor, o que pode dificultar na hora de competir por espaço no mercado para o seu produto, mesmo sendo ele tão bem avaliado. “Ou seja, são diversos fatores a serem analisados, individualmente e no todo, para poder se chegar a uma conclusão, esclarece Albim, ressaltando que o mais indicado é que, de posse destes dados, cada empresa faça sua própria análise e decida o que pode ou deve ser feito”, recomenda.


O Grupo Matsuda, que ganhou o prêmio Top List Rural na categoria Sementes para Pastagens, pela décima vez consecutiva, ficou em segundo lugar na pesquisa do Top Brands Quality, com a segunda nota máxima: 9,375. No quesito Imagem, tópicos como credibilidade, tradição, solidez, confiabilidade nos produtos, simpatia, parceria, inovação, pesquisa e tecnologia, receberam a nota média de 9,25. E, no quesito Ação, a empesa também recebeu a média 9,30, na avaliação de itens como produtos eficientes, portfólio de produtos, preço justo, orientação técnica, assistência ao cliente, proximidade com o cliente, canal de comunicação com o cliente, ações de marketing, comunicação corporativa e usabilidade do site.

Para José Luiz Silva, assessor de comunicação do Grupo Matsuda, pelas agências Activa Press Assessoria de Imprensa e Taxi Blue Comunicação Estratégica, a própria filosofia de atuação da Matsuda Sementes fica evidenciada nas notas atribuídas pelos consumidores. O bom desempenho dentro das propriedades de seus clientes, o desenvolvimento constante de novos produtos e a simplicidade na comunicação com o mercado garantiram a empresa a segunda melhor avaliação geral. O assessor comentou, ainda, que o valor de uma marca – foco da avaliação do Top Branding – “mede-se, sobretudo, por meio de um elenco de ações como, por exemplo, investimento em tecnologia e pesquisa, preocupação com a assistência pré e pós venda, qualidade nesse atendimento, orientação técnica segura, simpatia, credibilidade e, tradição. Ações que o Grupo Matsuda tem conduzido com seriedade e compromisso. Daí o merecido resultado da avaliação dos leitores da Revista Rural”.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.