Presidente da APROSOJA chama de "burra" a carga tributária

Agronegócio

Presidente da APROSOJA chama de "burra" a carga tributária

Segundo a Associação é necessário se discutir a situação do agronegócio e ainda cobrar medidas do governo federal
Por:
1 acessos

Discutir a situação do agronegócio e cobrar medidas do governo federal que resultem numa política de longo prazo para o setor em todo o país. Esta é a proposta defendida pelo presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja), José Rogério Salles, durante a solenidade de lançamento da 33ª Exposul, em Rondonópolis. Salles classifica de "burra" a carga tributária que onera o produtor brasileiro.

Na sua opinião a carga tributária se alia à política cambial como principais entraves da produção agropecuária.

Salles, que integra o movimento em busca de renegociação das dívidas junto ao setor privado e o apoio do governo federal nesse sentido, defende a necessidade de realização de um seminário junto à Exposul, a exemplo do que comandou junto à quarta edição da Agrishow Cerrado 2005.

Desta vez, defende Salles, deve se discutir uma política a longo prazo. "Vamos convocar o produtor para aproveitar esse momento e fazer um seminário para discutir as questões do setor e cobrar medidas do governo. Temos que começar a definir uma política de longo prazo para todo o setor brasileiro. Não dá para ficarmos a cada quatro ou cinco anos numa situação de crise", alertou.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink