Agronegócio

Presidente da CNA pede inclusão do TO e RO no roteiro da missão da UE

Os dois estados estão livres da febre aftosa há mais de dez anos
Por:
1229 acessos
A presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu, encaminhou ofício esta semana ao Ministro da Agricultura, Antônio Andrade Ferreira, pedindo a intervenção do Governo para que os estados do Tocantins e Rondônia sejam incluídos no roteiro da missão técnica da União Europeia, que virá ao Brasil na segunda quinzena de outubro auditar os serviços de defesa agropecuários do país.


Os dois estados, segundo a senadora, “estão livres da febre aftosa há mais de dez anos, mas ainda estão impossibilitados de exportar carne bovina in natura para os países da comunidade econômica europeia”.

Sem habilitação - Essa situação, explica ainda a presidente da CNA, ocorre porque os estados de Tocantins e Rondônia “ainda não foram habilitados a exportar para aquele mercado, embora diversas solicitações já tenham sido feitas nesse sentido”. Ela lembra também, no documento encaminhado ao ministro da Agricultura, que os dois estados foram inexplicavelmente excluídos do roteiro inicial da missão técnica da União Europeia que virá ao país.


No ofício, Kátia Abreu mostra ao ministro que os estados do Tocantins e Rondônia  “foram reconhecidos como livres de febre aftosa, com vacinação, nos anos de 2001 e 2003, respectivamente”. Ou seja, há mais de uma década que o rebanho bovino dos referidos estados estão livres da febre aftosa.


Para a presidente da CNA esse fato é “consequência do trabalho desenvolvido pelos produtores rurais, juntamente com os governos estaduais e o Ministério da Agricultura, que coordena com eficácia o Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA)”,  enfatiza a presidente da CNA. A missão técnica da UE estará no Brasil entre os dias 15 e 28 de outubro próximo.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink