Presidente da Ocesp critica Plano Safra 2007/08

Agronegócio

Presidente da Ocesp critica Plano Safra 2007/08

Del Grande afirma que o plano traz poucos avanços para a agricultura
Por: -Giuliano
14 acessos

Para o presidente da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (Ocesp), Edivaldo Del Grande, o Plano Safra 2007/08 traz poucos avanços para a agricultura. “Ainda deixa muito a desejar considerando a importância do setor para o país”, diz Del Grande. “A agricultura deveria ser tratada como uma questão econômica e não ideológica. O que chama a atenção é que o governo, cada vez mais, divide a agricultura em familiar e empresarial, como se fossem coisas diferentes. Mas os problemas que afetam o campo são sentidos por todos os produtores rurais, independente do tamanho”, completa.

Del Grande lamentou que o plano de safra mais uma vez não explica como algumas questões serão operacionalizadas e cita o caso da falta de regulamentação para o fundo de catástrofe, “o que limita a efetivação de um seguro rural que atraia as seguradoras e realmente atenda às necessidades dos produtores”, diz ele. “O plano é o mesmo discurso de sempre; os produtores não têm como suportar mais uma safra com dificuldades. São necessárias ações que realmente efetivem o que está escrito”, adverte o presidente da Ocesp. As informações são da assessoria de imprensa da Ocesp.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink