Pressão de baixa no mercado do boi gordo

Agronegócio

Pressão de baixa no mercado do boi gordo

O movimento que predomina no mercado do boi gordo é de baixa, cenário contrário ao que era esperado nesse período do ano
Por:
315 acessos

O movimento que predomina no mercado do boi gordo é de baixa, cenário contrário ao que era esperado nesse período do ano. No início do segundo semestre as margens de comercialização, abaixo da média histórica, eram o principal fator que segurava as altas. Agora, mesmo com a recuperação das margens, o lento escoamento da carne bovina ainda é um fator limitante, mesmo diante da baixa oferta de boiadas terminadas.

Em São Paulo, são dois os cenários encontrados. Os frigoríficos maiores, que possuem grande quantidade de boiadas a termo e estão com escalas mais alongadas, oferecem preços até R$4,00/@ abaixo da referência. Já os frigoríficos menores, com escalas curtas, oferecem até R$1,00/@ acima da referência.

Com a atual oferta equilibrada com a demanda, não existe pressão para pagamentos maiores. No mercado atacadista de carne com osso os preços estão estáveis. O boi casado de animais castrados está cotado em R$9,63/kg.

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink