Previsão do Inmet é de mais chuva para Sudeste e Centro-Oeste

Agronegócio

Previsão do Inmet é de mais chuva para Sudeste e Centro-Oeste

Há possibilidade de mais chuvas como a que atingiu São Paulo, na madrugada
Por:
1407 acessos

As regiões Centro-Oeste e Sudeste do país continuam sendo castigadas pela chuva. De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é que permaneça chovendo durante a semana nos estados do Rio de Janeiro, de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e do Espírito Santo.

Goiás Velho é uma das cidades de Goiás que foram castigadas pela chuva no Centro-Oeste do país. O Rio Vermelho, que corta a cidade, transbordou em alguns pontos, assustando moradores. A Defesa Civil de Goiás informa que, do dia 1º de janeiro até esta segunda-feira (10), choveu cerca de 331 milímetros no estado. Mais de 100 milímetros do que o registrado em todo o mês de dezembro (213 milímetros).

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Goiás, coronel Lopes, o principal problema em Goiás Velho é a cheia do Rio Vermelho. Por causa do aumento no volume da água, uma ponte de madeira que dá acesso ao Hospital de Goiás Velho cedeu e está interditada. Foram atingidas 31 casas, mas sem vítimas. “A Defesa Civil do Estado de Goiás está monitorando o Rio Vermelho. A ponte será reconstruída após o período de chuva.”

Segundo o chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, Luís Cavalcante, a previsão é de mais chuva para o Centro-Oeste durante toda a semana. “São as chamadas chuvas de verão, mas eventualmente pode acontecer fortes chuvas em alguns locais.”

As chuvas devem continuar castigando a Região Sudeste devido a uma frente fria que está no local. Luís Cavalcante fala que há possibilidade de mais chuvas como a que atingiu São Paulo, na madrugada. Várias pessoas morreram e ficaram desabrigadas. Houve mais de 37 pontos de alagamento. Os motoristas enfrentam muita lentidão no trânsito. A Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo suspendeu o rodízio municipal de carros nesta terça-feira (11), devido à chuva.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink