PREVISÃO DO TEMPO: chuvas volumosas no Norte e Nordeste
CI
Imagem: Divulgação
AGROTEMPO

PREVISÃO DO TEMPO: chuvas volumosas no Norte e Nordeste

A presença da massa de ar seco no continente manterá o tempo estável da Região Sul
Por: -Aline Merladete

Para esta quinta-feira (18/02), o padrão da circulação sobre o país sofreu poucas alterações, em relação ao dia anterior. Com isso ainda temos a presença da Zona de Convergência do Atlântico Sul provocando muitas chuvas em parte do centro norte do Brasil, além do posicionamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) que contribui para as chuvas volumosas em parte do norte e nordeste brasileiro, e a massa de ar seco presente em parte do centro-sul do país.

Como fica o tempo em cada região do Brasil

Região Norte
Com um padrão muito semelhante ao dia anterior, o forte calor em superfície, juntamente com o grande fluxo de umidade disponível, por conta da presença da ZCAS, e as instabilidades nas partes superiores da atmosfera, somam condições para pancadas de chuva em boa parte da faixa sul da região norte. Desta forma, o tempo ficará mais encoberto com possibilidade de chuvas a qualquer momento do dia, desde o AC, RO, sul do AM e sul do PA. Além do que, essas instabilidades de altitude, estão mais atuando de forma mais intensificada sobre o estado do TO, o que favorece as condições para pancadas de chuvas fortes onde os acumulados podem superar os 100 mm pontualmente. Apesar da faixa sul do norte ter mais instabilidades, parte do norte do norte brasileiro terá menos condições para chuvas, como é o caso da região do Baixo Amazonas no PA, RR, oeste da grande região de Barcelos e Rio Preto da Eva no AM e parte oeste do AP.

Região Nordeste
A influência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) será mais expressiva no norte do estado do MA, norte do PI e norte do CE, mas sem gerar acumulados significativos. Contudo, a presença de instabilidades de altitude, tanto na região vizinha como na região entre o PI e CE, também ajudam na formação das instabilidades em parte do sul do MA, sul do PI e oeste da BA. Sendo que, no sul do MA e sul do PI, do mesmo modo há possibilidades de acumulados expressivos, acima dos 80 mm pontualmente. A ZCAS, marca presença ao sul da BA deixando o tempo mais encoberto e com chances de chuva a qualquer momento do dia. Já nas demais regiões, desde SE até o leste do CE, a condição do tempo é mais estável, apenas com possibilidade de chuvas rápidas e passageiras, sem grandes acumulados. 

Região Centro-Oeste
As chuvas terão uma distribuição desigual entre os três estados da região, de modo que, a presença da ZCAS mantém o tempo mais fechado e com maiores chances de chuvas entre o centro norte do MT, no estado do GO e DF com acumulados na ordem dos 30 mm pontualmente. Já no MS, o tempo ficará sob o regime de uma massa de ar seco mas com possibilidades de chuvas isoladas e mal distribuídas na região norte do estado.
 
Região Sudeste
De maneira geral, o posicionamento da ZCAS sobre a faixa norte do estado de MG e ES favorecem as chuvas mais persistentes nessas regiões, até mesmo com a possibilidade de temporais localmente fortes. Ao passo que no estado de SP, essas chuvas serão mais isoladas e mal distribuídas, com uma característica típica da época de verão, ou seja, chuvas irregulares entre a tarde e noite que podem ser localmente fortes. Porém as grandes regiões de Presidente Prudente, Assis e Ourinhos terão um tempo firme, sob a influência da massa de ar seco.

Região Sul
A massa de ar seco, associada a uma região de alta pressão, ainda domina o tempo na maior parte dos estados da região Sul. Desse modo, o tempo terá apenas condições para pancadas de chuvas isoladas, com possibilidade para temporais fortes, na faixa litorânea dos três estados, e parte das regiões entre as serras gaúcha e catarinense.

Tendência
A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), continua atuando sobre o país até pelo menos o dia 21. Sendo que, nos dias 19 e 20 a chuva será expressiva do ES ao noroeste de MG e ao norte do RJ, com valores que poderão passar dos 100 mm, pontualmente. A presença da massa de ar seco no continente manterá o tempo estável da Região Sul ao oeste e centro de SP e grande parte de MS, e deverá se prolongar pelo menos até o dia 21. No dia 22 a tendência é da chegada de uma frente fria no Uruguai com chuva forte, que também atingirá com chuva forte o sul e oeste do RS a partir da tarde.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink