HISTÓRICO

Previsão é de mais soja nos Estados Unidos

Analistas privados já divulgaram suas estimativas de superfície
Por: -Leonardo Gottems
1286 acessos

Como a primavera no Hemisfério Norte chegou, começou a contagem regressiva para o começo do plantio de soja e milho no Meio-Oeste dos Estados Unidos. A agronomia, preços de insumos e estratégias de comercialização variam, mas parece ser o caso de que haverá mais área de soja.

Oficialmente, o Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA) deve liberar o seu relatório de Prospecção de Plantio no dia 29 de Março. Mas os analistas privados já divulgaram suas estimativas de superfície, antes do USDA, indicando que os produtores plantarão 92 milhões de acres de soja e 90 milhões de acres de milho.

Será a primeira vez na história que os Estados Unidos plantarão mais soja do que milho. A média de preços da soja comparada ao milho, tradicional formato de decisão de plantio nos Estados Unidos, tem favorecido a soja na lucratividade.

No caso específico de muitos produtores nas próprias fazendas haverá mais soja do que milho. John Mutschler, do Minnesota, contou ao site Agriculture.com a sua história. “Eu nunca plantei tanta soja na minha carreira de produto. Pela primeira vez terei plantado 50/50. Normalmente, tenho plantado muito mais milho”, afirmou.

“A razão é que o milho está no vermelho. Agora estou com pressa para plantar porque a temperatura não vai subir agora”, explicou o produtor. O Minnesota é o terceiro maior produtor de soja nos Estados Unidos com 8,7% da produção total.

Em Illinois, o estado de maior produção de soja dos Estados Unidos com 14% da produção, a área deve aumentar entre 3% e 4%, segundo Mark Hobrock, gerente-geral da Western Grain Marketing. “Do que eu falo com cooperativas, vendedores de sementes e todos os encontros de inverno que fomos, o Oeste do Illinois pode ter um incremento de até 8% na área soja”, disse Hobrock. Mas o problema ressaltado por Hobrock são as geadas.

Em Iowa, segundo maior produtor com 12,8% de participação, as condições são consideradas boas para a nova safra. Para o produtor de Iowa Chris Soules, o desafio é aumentar a produtividade em soja e precisa quer as temperaturas aumentem nos próximos dias.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink