Previsões de estoques de milho, soja e trigo devem subir

Agronegócio

Previsões de estoques de milho, soja e trigo devem subir

Os estoques de soja devem totalizar 265 milhões de bushels, também acima dos 210 milhões previstos em junho
Por:
722 acessos

Os estoques de soja, milho e trigo nos Estados Unidos devem estar mais altos que o previsto no mês passado, depois que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) aumentou suas estimativas de área plantada, segundo uma pesquisa coordenada pela agência de notícias Bloomberg. Amanhã (10.09) o USDA deve divulgar a previsão de estoques de milho em 1,572 bilhões de bushels até dia 31 de agosto de 2010, bem acima das projeções feitas no mês passado, que indicavam estoque de 1,09 bilhão.

Os estoques de soja devem totalizar 265 milhões de bushels, também acima dos 210 milhões previstos em junho, e os estoques de trigo devem totalizar 689 milhões de bushels em 31 de maio de 2010, ou seja, 6,5% acima das previsões do mês passado, conforme informam analistas. No dia 30 de junho, o governo americano aumentou suas estimativas de área plantada em milho para 87 milhões, vindo de uma previsão de 85 milhões, feita em março. Quase 77,5 milhões de acres foram plantados em soja, conforme informou o USDA, quase 2% acima do previsto em março.

As estimativas de área plantada em trigo também subiram 2%, para 59,6 milhões. “Em relação ao relatório do USDA sobre área plantada, os estoques de milho, soja e trigo vão subir”, afirmou Joe Victor, analista da Allendale Inc., em McHenry, estado de Illinois. “Nossas previsões preliminares indicam que as áreas estimadas pelo USDA estavam muito baixas no mês de março”. Soja futuro Soja futuro para novembro caiu 3 centavos, ou 0,3%, para US$ 8,92 o bushel, na quarta-feira (8), na Bolsa de Chicago.

O preço atingiu US$ 8,8125, o mais baixo desde o dia 16 de março. O contrato mais ativo está 9,1% abaixo neste mês. O milho futuro para dezembro caiu 1,5 centavos, ou 0,4%, para US$ 3,3425 o bushel, na quarta-feira, em Chicago. O contrato mais ativo está 9% mais baixo este mês. Tanto o milho quanto a soja caíram em julho, já que o clima favorável aumenta as previsões da safra americana.

O trigo futuro para setembro subiu 4,75 centavos, ou 0,9%, para US$ 5,1725 o bushel. O contrato mais ativo caiu 19%, desde o final de maio. Três analistas trouxeram estimativas também da safra de trigo de inverno, que está sendo colhida agora, com volume entre 1,538 bilhões a 1,484 bilhões de bushels. O USDA em junho previu uma colheita de 1,492 bilhões de bushels.

O milho é a maior safra americana, avaliada em US$ 47,4 bilhões em 2008, seguido da soja, em US$ 27,4 bilhões, mostram as informações do governo. O trigo é a quarta maior safra, avaliada em US$ 16,6 bilhões. O USDA irá divulgar um relatório da produção desse mês e atualizar as previsões de demanda e estoques para milho, soja e trigo, amanhã, em Washington.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink