Primeira compra de trigo russo pelo Brasil
CI
PERIGO

Primeira compra de trigo russo pelo Brasil

Grande possibilidade de ser recusado na Alfândega
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a Consultoria Trigo & Farinhas, foram adquiridas as primeiras 25.000 toneladas de trigo de origem russa pelos moinhos brasileiros. As importações foram feitas por três moinhos, os maiores da Região Nordeste, sendo um lote de 5.000 toneladas e outros dois lotes de 10.000 toneladas. 

Segundo o analista da Trigo & Farinhas, Luiz Fernando Pacheco, o preço foi de US$ 270,00/tonelada e a entrega está contratada para o este mês de Julho. “O preço caiu depois e eles já se arrependeram”, revela o especialista. 

“E tem um agravante: existe uma obrigação no contrato: se houver qualquer problema de desembaraço alfandegário (como rejeição por qualquer motivo), fica às expensas dos compradores os custos de redirecionamento para outro mercado – provavelmente o México ou a Venezuela –, o que tornaria a operação muito mais cara ainda”, espanta-se ele. 

“Nunca vi isto em 40 anos. A obrigação é sempre do lado contrário, do vendedor, em entregar produto de qualidade exigida pelas autoridades do país comprador. E as chances são grandes disso acontecer, porque, se forem aplicadas rigorosamente as leis brasileiras, este trigo tem grande possibilidade de ser recusado na Alfândega”, conclui.

PREÇOS INTERNOS

A boa notícia, ressalta Pacheco, foi a queda semanal dos preços do trigo em grão, que baixou cerca de 2% os preços do trigo doméstico e 4% os preços do trigo pão. Por outro lado, os preços das farinhas estão muito firmes, com boa demanda no PR e com demanda controlada no RS. 

“A batalha está mais fácil, porque os compradores já estão bem informados sobre os altos custos dos trigos importados. Também é verdade que alguns moinhos se utilizam dos aumentos para vender mais barato. Vendedores de fusca, que não sabem vender ferraris, aproveitam para empurrar produtos ‘na tabela antiga’, para poderem preencher as suas cotas”, comenta.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink