Primeira vítima da gripe suína no Paraná é uma mulher residente no norte do estado

Agronegócio

Primeira vítima da gripe suína no Paraná é uma mulher residente no norte do estado

Segundo o último boletim epidemiológico, 61 pessoas estão contaminadas pelo vírus Influenza H1N1 no Paraná
Por:
189 acessos

A primeira morte causada pela influenza A (H1N1) – gripe suína – no Paraná foi confirmada hoje (21) à noite, pela Secretaria da Saúde do Estado . De acordo com nota à imprensa, a vítima é uma mulher adulta, residente em Jacarezinho, na Microrregião do Norte Pioneiro. Ela morreu no último dia 14, cinco dias após apresentar os primeiros sintomas da doença, que evoluiu para pneumonia.

Segundo o último boletim epidemiológico, 61 pessoas estão contaminadas pelo vírus Influenza H1N1 no Paraná.

A Secretaria de Saúde informou que manterá as ações de vigilância e continuará com o monitoramento em tempo real do quadro epidemiológico no estado. Também será mantida a postura de atenção permanente como vem fazendo nos últimos três meses, desde que a nova gripe surgiu no México.

Na próxima semana, o Laboratório Central do Estado do Paraná começará a realizar os exames que detectam a nova gripe. Técnicos estão recebendo treinamento na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. Será o primeiro laboratório descentralizado do país a realizar o exame e o 168º do mundo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink