Primeiro vídeo sobre morango certificado está disponível
CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGRICULTURA

Primeiro vídeo sobre morango certificado está disponível

Vídeo foca na alta qualidade e segurança para o consumidor
Por:

Na noite de 29 de abril foi lançado o primeiro vídeo – de uma série de quatro – sobre o morango Brasil Certificado, obtido com a adoção da tecnologia da Produção Integrada. Com cerca de 300 participantes de todas as regiões do Brasil, a live de lançamento começou com o bom astral de Fabricio de Martino, moderador do encontro.

Marcelo Morandi, chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, enfatizou a importância da Produção Integrada do Morango (PIMo). “A Embrapa faz 48 anos essa semana e consegue fazer isso, reunir pessoas do País todo, unindo produtores, técnicos, pesquisadores e consumidores, com ciência e tecnologia beneficiando toda a sociedade”.

Essa é a mesma opinião de Fabiano de Lima, vice-prefeito de Atibaia. “O morango da região de Atibaia e Jarinu é um dos melhores do Brasil, qualidade garantida pela parceria com a Embrapa, pela produção integrada e pelo selo Brasil Certificado”.

Dalto Soranz, representante da prefeita de Jarinu, destacou que o Programa leva os produtores a se empenharem na produção com qualidade e segurança. “A dedicação da pesquisadora Fagoni Calegario foi fundamental para essa conquista”.

Para a pesquisadora Fagoni Calegario, ciência produz um morango melhor. Além disso, ela enfatizou o apoio das duas prefeituras, do conhecimento dos produtores e de diversas instituições de ensino, pesquisa e extensão rural. “Precisamos mostrar esse morango para o consumidor, torná-lo conhecido”. 

O produtor Osvaldo Maziero, presidente da Associação dos Produtores de Morango de Atibaia e Jarinu, disse que tem orgulho da sua região ser o berço do morango Brasil Certificado. “Desde 2006, temos a Embrapa como parceira e conseguimos muitas vitórias, inclusive com melhores mudas e treinamentos, semeando essa tecnologia. A agricultura não tem fronteiras”, destacou.

Do Rio Grande do Sul, Mateus Andreazza e Tiago Andreazza, jovens empresários que adotaram a PIMo, agradeceram o trabalho bem feito que a Embrapa vem fazendo junto com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em prol do morango. O estado produz, por ano, mais de um milhão e oitocentos mil quilos de morangos com o selo Brasil Certificado.

Mateus da Granja Andreazza aconselhou os produtores que desejam comprovar a alta qualidade e segurança de seus morangos a fazerem parte da PIMo. “O consumidor irá entender que está levando uma fruta saudável, gostosa e segura para casa. Estamos no ramo do morango há 25 anos e entregamos 1.200 toneladas de fruta segura por ano para todo o País, com rastreabilidade. Fazemos de 10 a 12 análises da fruta por mês, garantindo a procedência e a segurança do produto. Lançamos uma linha nova chamada Eco Berry, que se encaixa nas normas da PIMo e que, além do selo Brasil Certificado, leva no rótulo os dizeres '0% resíduo de agrotóxico'”. 

Tiago, da South Berry Andreazza, se diz entusiasta com os conceitos de sustentabilidade e rastreabilidade. “A PIMo é uma vitória e uma garantia para nosso cliente. Produzir de forma consciente, sustentável e responsável sempre foi uma preocupação da nossa empresa, desde o campo, as boas práticas de manipulação até o produto chegar ao consumidor final. Inclusive isso já está sendo enxergado e valorizado pelas indústrias que usam a fruta em iogurtes, sucos, geleias. O universo do morango é muito amplo, e a certificação garante esse trabalho sério que estamos fazendo”.

Ingrid de Souza, da Staw Agricultura, a representante da “mulher no Agro” da Produção Integrada de Morango, destacou o papel das instituições públicas nesse reconhecimento: “A sociedade busca produtos rastreáveis e seguros”. 

Ingrid produz morango em Pinhalão, Paraná. Irá lançar em junho o morango liofilizado, um super alimento que, segundo ela, irá agradar principalmente as crianças. “A Staw surgiu em 2016 e sempre fomos atrás de novas tecnologias que possibilitassem produzir um produto saudável, com rastreabilidade, sustentável e que seja seguro para o consumidor”. Em 2019, recebeu a primeira certificação em PI do morango no Estado do Paraná. “Esse Selo é tão sério e tão importante e precisa ser cada vez mais conhecido pelos consumidores e valorizado pelos produtores", disse Ingrid.

Para Rosilene Souto, coordenadora de produção integrada da cadeia agrícola do Departamento de Cadeias Agrícolas do Mapa, Fagoni é uma guerreira: “O selo precisa chegar ao consumidor, para que seja cada vez mais conhecido e essa live vai contribuir para isso”.

“Compartilhem esse vídeo sem moderação", pediu Fagoni. "Esse selo confere aos morangos altíssima qualidade”.  

Ao final, a artista Milena Pagliassi presenteou a Embrapa com uma aquarela produzida em tempo real durante a live.

O segundo vídeo será lançado em 5 de maio, pelo canal YouTube da Embrapa.

O primeiro vídeo já está disponível no mesmo canal do YouTube.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink