Agronegócio

Problemas do milho safrinha aumentam demanda e preço do farelo de trigo

Ventos fortes provocaram acamação e geadas no PR
Por: -Leonardo Gottems
1576 acessos

 

Os problemas climáticos que afetaram a colheita do milho safrinha reativaram a demanda por farelo de trigo, que havia amenizado nos meses de abril e maio. A informação é da Consultoria Trigo & Farinhas, ao apontar que os ventos fortes (que provocaram acamação e geadas no Paraná) desencadeou o receio de falta de milho no mercado. 

“Diante disto, os preços do farelo de trigo também seguiram o movimento da demanda, principalmente nos três estados de maior consumo e menor oferta de milho, que são SC, RS e SP. No PR a reação dos preços do farelo deve ocorrer a partir da próxima semana, diante do aumento de 4,01% dos preços do milho”, aponta o analista sênior da T&F, Luiz Carlos Pacheco.

Segundo ele, a tendência é de que o preço do milho se estabilize ao redor de R$ 35/36 a saca no Paraná (teve um aumento de 4,01% nesta semana, inédito para um período de colheita). “Isto projeta preços do trigo no estado não menores do que R$ 42,00 para o produtor, ainda lucrativos em relação ao desembolso e algo em torno de R$ 49,98/saca ou R$ 835,00 no mercado de lotes no interior, para a próxima safra (descontada a barriga entre setembro e dezembro, devido ao excesso de oferta no período)”, conclui Pacheco.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink