Procafé informa que índice de chuvas ficou 46% acima da média em janeiro no Sul de MG


Agronegócio

Procafé informa que índice de chuvas ficou 46% acima da média em janeiro no Sul de MG

Por: -Admin
23 acessos

O índice pluviométrico de janeiro foi de 406,0 milímetros em Varginha, no sul de Minas Gerais, contra uma média histórica (entre 1974 e 2002) da região de 277,9 mm para o mês, o que representa um incremento de 46% em relação à média. O levantamento é do Procafé (Programa de Apoio Tecnológico à Cafeicultura) de Varginha, ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O Procafé aponta que as precipitações ocorridas em janeiro foram suficientes para repor o déficit hídrico, promover um armazenamento de 100,00 mm no solo e até mesmo um excesso de 160,2 mm. A temperatura média observada no mês de janeiro foi de 22,5 graus Celsius, semelhante à média histórica. A temperatura máxima absoluta foi de 32,2 graus e a mínima de 16,2 graus. A evapotranspiração potencial (ETP) foi de 89,0 mm.

Em relação a doenças, o Procafé indicou que, nas lavouras não controladas, localizadas na Fazenda Experimental de Varginha, o índice de infecção médio foi de 5,0%. Porém, estes índices são bastante inferiores aos encontrados na maioria das lavouras da região, que apresentam infecções acima de 10%. O controle preventivo e/ou curativo com fungicidas específicos foliares deve ter continuidade, alerta o Procafé. O índice de infecção médio de cercospora foi de 5,5%, sugerindo controle principalmente em lavouras com alta carga. A phoma registrou baixo índice de infecção.

No relatório sobre as pragas, o bicho mineiro teve índice de infestação médio zero. O ácaro vermelho teve baixa incidência. A broca, na área amostrada, teve índice médio de ataque de 0,4%. Porém, segundo o Procafé, em localidades onde ocorreram floradas precoces é aconselhável o monitoramento e controle caso o nível de ataque supere 3%. O boletim do Procafé aponta ainda que 4,7 nós por ramo foi o crescimento médio ocorrido até o mês de janeiro, contra 4,9 em janeiro de 2002.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink