Produção da soja será 10% maior em MT

Agronegócio

Produção da soja será 10% maior em MT

A estimativa para a próxima temporada é que sejam colhidas 20,8 milhões de ton
Por:
1720 acessos
Em Mato Grosso, a produção de soja deve aumentar 10,9% na safra 2011/2012. A estimativa para a próxima temporada, que começará em setembro, é que sejam colhidas 20,8 milhões de toneladas. No ciclo atual, foram 20,3 milhões de toneladas, segundo levantamento do Imea. Para o diretor da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Seneri Paludo, o aumento da produção está diretamente relacionado à expansão da área cultivada com soja.


Conforme o estudo do instituto, nesta safra serão 6,576 milhões de hectares, representando um aumento de 2,5% ante ao resultado da safra passada, de 6,412 milhões (ha). Paludo destaca que o produtor obteve mais renda este ano e que isso foi fundamental para o aumento na produção. Para ele, outra prova desse cenário é a antecipação na compra de insumos agrícolas.

O balanço do Imea destaca que 72% das sementes a serem plantadas daqui a 5 meses já foram adquiridas pelos produtores, contra o índice de 56% apurado no mesmo período da safra 10/11. No caso dos fertilizantes, 68% foram já comprados. O indicador se assemelha com o desempenho das compras de defensivos, que chega a 66% para o uso no próximo ciclo agrícola.


Mesmo com os resultados positivos, o presidente da Aprosoja, Glauber Silveira, entende que a projeção é tímida frente ao potencial do Estado em produzir soja. Para ele, Mato Grosso deve ter uma produção de, no mínimo, 40 milhões de toneladas em 2020. Ele retoma a discussão para os entraves no setor produtivo, que é a falta de infraestrutura para o escoamento dos grãos e o impasse na questão ambiental.

Silveira aponta ainda que o ritmo de aumento na produção não está equivalente ao incremento na demanda consumidora. Sobre o preço da soja, cotada em média a R$ 35 a saca de 60 quilos, ele destaca que o Estado é responsável pela valorização do produto. "Temos um custo muito alto para produzir e escoar a produção. Com isso o preço da soja aumenta e como Mato Grosso se destaca na produção de grãos acaba influenciando o mercado nacional e internacional".

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink