Produção de carne premium e melhoramento atraem atenção dos EUA
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PECUÁRIA

Produção de carne premium e melhoramento atraem atenção dos EUA

O melhoramento genético dos rebanhos brasileiros chamaram a atenção da adida agrícola dos EUA
Por:

O melhoramento genético dos rebanhos brasileiros e o avanço da produção de carne premium chamaram a atenção da adida agrícola dos Estados Unidos (EUA), Jenia Ustinova, durante visita a 44ª Expointer. Em reunião com a superintendente da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), Silvia Freitas, e com o gerente de Fomento da Associação Brasileira de Angus, Mateus Pivato, ela ouviu relatos sobre os avanços da genética brasileira.

Silvia apresentou a ação da ANC como entidade de registro de diversas raças e a atuação do Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo) na evolução da pecuária brasileira. Pivato destacou o avanço do uso de genética Angus no Brasil, que é o país que mais insemina ventres de corte em idade reprodutiva do mundo. Segundo Pivato, dados da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), indicam uma elevação na produção de sêmen em território nacional de 87,54% em relação ao mesmo período de 2020. Também participaram da reunião o CEO da US Livestock Genetics Export e dirigentes da Select Sires.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.