Produção de etanol não reduzirá excesso de açúcar

Agronegócio

Produção de etanol não reduzirá excesso de açúcar

A crescente produção de etanol provavelmente não reduzirá o excedente global de açúcar, que fez os preços do produto caírem
Por:
233 acessos

Procana Online - A crescente produção de etanol provavelmente não reduzirá o excedente global de açúcar, que fez os preços do produto caírem, pois a maioria dos países produtores do biocombustível utiliza outras matérias-primas para a produção de produto, segundo informações da consultoria alemã F.O. Licht.

Os preços do açúcar demerara recuaram 12% nos últimos 12 meses em meio ao excedente, metade do qual foi gerado pela Ásia. A Índia, que deve se transformar na maior produtora mundial do açúcar no ano que vem, fabrica a maior parte de seu etanol a partir do melaço, um subproduto do processo de fabricação do açúcar, disse Helmut Ahlfeld, consultor da Licht.

A maioria da produção da Tailândia será proveniente da mandioca, enquanto que a dos EUA, país que é o maior produtor mundial de etanol, virá do milho.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink