Produção de girassol cresce 50% na Argentina?
CI
Agronegócio

Produção de girassol cresce 50% na Argentina?

Chegando a três milhões de toneladas
Por: -Leonardo Gottems

A produção de girassol argentina deve crescer 50% em relação à safra anterior, chegando a três milhões de toneladas. Segundo a consultoria Agritrend, os preços internacionais favorecem o plantio, mas as retenções do governo sobre as exportações do grão são uma desvantagem.


O governo argentino taxa em 32% as vendas internacionais da oleaginosa. No ano passado, o país produziu 1,3 milhões de toneladas, um dos níveis de produção mais baixos da história por conta das instáveis condições climáticas.

"O componente internacional é bom, com alta demanda da Índia e da China, e de outro lado não há grandes acumulações de reservas de palma no mundo", analisou Gustavo López, diretor da Agritrend para o AgroSouth News

A previsão da Agritrend é similar à do USDA, que projeta produção argentina de 2,9 milhões de toneladas. A Ucrânia é atualmente o maior produtor mundial com 10 milhões de toneladas anuais, mas essa produção cairia em 1,6 milhão de toneladas por conta do conflito com a Rússia. "Se houver uma redução de impostos, isso ajudaria a tornar a Argentina ainda mais relevante. Seria extremamente atrativo se as retenções baixassem em 10%", concluiu López.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink