Produção de ração no Brasil fica estável em 2016 com impacto da escassez de milho

Agronegócio

Produção de ração no Brasil fica estável em 2016 com impacto da escassez de milho

A demanda pelos setores de aves e suínos cresceu no início do ano, mas despencou na segunda metade de 2016
Por:
400 acessos

A demanda pelos setores de aves e suínos cresceu no início do ano, mas despencou na segunda metade de 2016

A produção de ração animal no Brasil deve ficar estável em 2016 ante 2015, a 66,8 milhões de toneladas, estimou nesta quarta-feira o Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações).

A demanda pelos setores de aves e suínos cresceu no início do ano, mas despencou na segunda metade de 2016 devido à escassez de milho no mercado, o que justifica a estabilidade no consumo este ano, avaliou o vice-presidente-executivo do Sindirações, Ariovaldo Zani.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink