Produção de suínos em família
CI
Agronegócio

Produção de suínos em família

Confira sistema de produção de suínos em que os animais são mantidos juntos desde o nascimento à terminação
Por:
Confira sistema de produção de suínos em que os animais são mantidos juntos desde o nascimento à terminação

Esta semana o programa Prosa Rural apresenta uma tecnologia estudada pela Embrapa Suínos e Aves há aproximadamente 3 anos. É a produção de suínos em família, um novo jeito de se criar suínos, em que os leitões permanecem juntos desde o nascimento até o abate.

A produção de suínos em família é indicada especialmente para o agricultor familiar, que possui um número reduzido de matrizes, em comparação com o sistema convencional intensivo ou industrial. No sistema industrial, que segue uma estrita escala de produção, leitões de várias fêmeas se misturam e isto gera muito estresse.

Por ficarem juntos do nascimento até o abate, os suínos criados em família sofrem menos estresse, o que contribui para uma melhor sanidade e bem-estar animal, reduzindo perdas na produção. O sistema é mais econômico para o pequeno produtor porque evita a compra de remédios usados em tratamentos preventivos para os suínos. Os tratamentos preventivos são muito comuns na suinocultura intensiva convencional, que requer uma maior quantidade de animais em espaços reduzidos, o que geralmente pode desencadear doenças; daí a necessidade dos tratamentos.

O pesquisador Nelson Mores, da Embrapa Suínos e Aves (Concórdia – SC), explica que a produção de suínos em família é perfeitamente viável para os pequenos produtores como alternativa para agregar valor, ofertando ao mercado um produto diferenciado.

O programa Prosa Rural é o programa de rádio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O programa conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Responsável: Jean Vilas Boas
Email: jeanvb@cnpsa.embrapa.br
Unidade: Embrapa Suínos e Aves
 

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink