Produção de trigo em agosto deve superar a de julho, prevê Conab

Agronegócio

Produção de trigo em agosto deve superar a de julho, prevê Conab

O crescimento se deve principalmente ao estado do Paraná, responsável por 57% da produção nacional de trigo
Por:
564 acessos

A safra de trigo 2009/2010, que começou a ser colhida este mês e deve se estender até a primeira quinzena de dezembro, está estimada em 5,85 milhões de toneladas. A projeção do volume divulgada nesta quinta-feira (6) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é 180,8 mil toneladas superior à apresentada em julho, com base em pesquisas mensais feitas pela estatal para mensurar a safra brasileira de grãos.

O crescimento se deve principalmente ao estado do Paraná, responsável por 57% da produção nacional de trigo, que, segundo o levantamento atual, deve elevar sua colheita de 3,20 milhões para 3,36 milhões de toneladas.

O número nacional é inferior aos 6,01 milhões de toneladas de trigo colhidos no ano passado, quando a produção teve incremento de 50% em relação à safra anterior e está longe de suprir o consumo da população, de cerca de 11 milhões de toneladas por ano. Entretanto, qualquer melhora nas estimativas de colheita é considerada importante devido à conjuntura atual, em que a Argentina, fornecedor histórico de trigo para o Brasil, apresenta redução de mais de 50% de sua produção do cereal.

Além disso, o governo enfrenta a pressão dos moinhos, que reivindicam a isenção da Tarifa Externa Comum (TEC) de 10% sobre o trigo importado de outros países fora do Mercosul. Os produtores nacionais defendem que o volume estocado atualmente é suficiente para suprir as necessidades da população até a colheita da safra 2009/2010. O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, já afirmou que não será preciso importar trigo este ano.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink