Produção e manejo de bananeira são tema de curso em Bragança (PA)

Banana

Produção e manejo de bananeira são tema de curso em Bragança (PA)

Sistema de produção e manejo da BRS Pacoua, cultivar de banana da Embrapa desenvolvida para o estado do Pará
Por:
109 acessos

O sistema de produção e manejo da BRS Pacoua, cultivar de banana da Embrapa desenvolvida para o estado do Pará, é tema de curso realizado nesta quinta-feira, 14, no Centro de Treinamento da Unidade Didática Agroecológica do Nordeste Paraense (UDB), em Bragança.

Promovido em parceria entre a Embrapa Amazônia Oriental e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), o treinamento é voltado aos extencionistas da região, mas também receberá produtores e estudantes, como forma de estimular a produção do fruto na região.

O Pará já foi o maior produtor de banana do Brasil, atingindo o auge da produção entre 1998 e 2000. Mas devido à alta incidência de doenças, as safras começaram a decair e atualmente o estado ocupa a quinta colocação, chegando a pouco mais de 500 mil toneladas em 2018, segundo o IBGE. Atualmente, cerca de 30% da banana consumida no estado vem de outras regiões do país. Na região metropolitana de Belém, esse percentual chega a 90%.

O treinamento terá duração de um dia com conteúdo teórico e prático, ministrado pelo analista da Embrapa, Antônio José de Meneses. Ele explicou que o curso foi pensado inicialmente para atender aos técnicos da Emater, com vistas à expansão da bananicultura na região e aberto a produtores e estudantes.

Meneses reforçou que a BRS Pacoua tem inúmeras vantagens, pois foi desenvolvida especialmente para o Pará, visando principalmente, as questões associadas com resistência a doenças como a Sigatoka-amarela, o mal-do-Panamá e também, de maneira mais mediana à Sigatoka-negra. Ele citou ainda que a banana se destaca no cultivo da agricultura familiar, pois além de produzir o ano todo, com renda fixa ao produtor, também é um excelente componente em consórcios, sejam em sistemas agroflorestais (SAFs) ou junto a plantações de açaí e cacau. “Além da renda com venda da banana, as folhas e restos do manejo do bananal servem de adubo e armazenamento de água para a plantação de açaí, reduzindo os custos de manejo", explicou.

Segundo fruto mais produzido no Pará, a banana fica atrás somente do açaí, mas em se tratando em consumo, assume a liderança em disparada. Essa predileção pelo fruto cria um mercado potencial à expansão da cultura, pois a maior parte das regiões do estado possuem grande dependência externa do produto.

Sobre a BRS Pacoua: É um híbrido de bananeira, produto do cruzamento iniciado pela Embrapa Mandioca e Fruticultura nos anos 90 e instalado no Pará em parceria com a Embrapa Amazônia Oriental. Quando cultivada com tecnologias e manejo adequados, a bananeira pode produzir até 40 toneladas por hectare (t/ha) já a partir do segundo ciclo, mais que o dobro da média nacional, que é de 14 (t/ha) (IBGE/2015).

Serviço: Curso Sistema de Produção e Manejo da Bananeira

Data: 14 de março

Local: Centro de Treinamento da Unidade Didática Agroecológica do Nordeste Paraense (UDB), Bragança-PA

Público: técnicos da Emater, produtores e estudantes.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink