Produção mundial de trigo recua quase 3%
CI
Agronegócio

Produção mundial de trigo recua quase 3%

Por:

A produção mundial de trigo para a safra 2002/03 deverá ter uma redução de 2,8%, em comparação com a safra anterior. De acordo com levantamento mensal realizado pelo Conselho Internacional de Grãos (CIG), entidade com sede em Londres, a produção mundial da safra 2001/02, de 578,7 milhões de toneladas, se reduzirá para 562,3 milhões de toneladas na safra 2002/03.

Os números do CIG indicam que os principais produtores e exportadores mundiais do grão sofreram fortes prejuízos devido principalmente a problemas climáticos no desenvolvimento das lavouras. Os EUA, que na safra passada obtiveram uma colheita de 53,3 milhões de toneladas, reduzirão sua produção para 44 milhões de toneladas, o que significa retração de 17,4%. A seca que atingiu os estados produtores, principalmente o Texas, durante a fase de desenvolvimento do grão, fez com que a produtividade da região fosse drasticamente reduzida.

No Canadá, a estiagem provocada pelo fenômeno El Niño, fez com que a produção da safra 2002/03 ficasse comprometida. As estimativas do CIG mostram que o país reduzirá em 24,8% sua produção, passando de 20,6 milhões de toneladas na safra passada para 15,5 milhões. A seca também afetou a Austrália, que enfrentou a pior estiagem em décadas e é o país que mais reduzirá sua produção. Na safra 2001/02 foram colhidas 24 milhões de toneladas, volume que não será superior a 10 milhões, segundo dados do CIG.

Diferentemente de Canadá, Estados Unidos e Austrália, a Argentina foi afetada principalmente por problemas econômicos. Sem financiamento dos bancos e praticamente sem capital, os produtores do país sul-americano reduziram os tratos com as terras e perderam em produtividade. O resultado é uma quebra de 13,1% na produção da próxima safra, que está estimada em 13,3 milhões de toneladas, ante uma colheita de 15,3 milhões de toneladas do período anterior.

Embarques em baixa

As exportações de trigo dos Estados Unidos apresentaram forte retração na semana encerrada no dia 21 de novembro , segundo anunciou o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). De acordo com a entidade, as vendas de trigo recuaram 47% em comparação com o período anterior, para 327,7 mil toneladas. A Salomon Smith Barney, de Chicago, previu que as vendas de exportação da commodity ficariam entre 250 mil a 400 mil toneladas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.