Produção vitivinícola terá apoio do Governo do RS

Agronegócio

Produção vitivinícola terá apoio do Governo do RS

Associação dos Vitivinicultores do Centro Serra (Avitis), promoveu abertura da colheita
Por:
999 acessos

A vitivinicultura foi uma das alternativas encontradas por um grupo de produtores da região Centro Serra para romper com a monocultura do fumo. Unidos, eles criaram a Associação dos Vitivinicultores do Centro Serra (Avitis), entidade que promoveu, durante o fim de semana, a abertura da colheita da uva na região. Em ato realizado na sexta-feira (21), na localidade de Linha Rocinha, no interior de Arroio do Tigre, o secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Luiz Fernando Mainardi, prometeu apoio do Governo na qualificação dos produtos industrializados a partir da fruta.

Conforme Mainadi, o Governo do Estado será parceiro dos produtores e das prefeituras da região para impulsionar a quantidade e a qualidade da produção local. "Nosso desafio é promover ações que se traduzam em aumento da produção agropecuária do Estado, garantindo o crescimento da renda daqueles que trabalham no campo", afirmou o secretário de Agricultura, Pecuária e Agronegócio do RS.

A Avitis congrega produtores de Arroio do Tigre, Ibarama, Sobradinho e Segredo, que produzem uva em cerca de 50 hectares e que estimam colher, nesta safra 2010/2011, aproximadamente 62 toneladas.

Na propriedade de Luiz Hermes, onde ocorreu a solenidade de abertura da safra, as uvas são plantadas há 40 anos. A cultura hoje ocupa três dos 100 hectares do estabelecimento. "No começo foi muito difícil", recorda o produtor, que utiliza mão-de-obra familiar na produção de soja, milho, feijão, trigo, porco e ovo. Praticamente toda a produção é comercializada diretamente na propriedade e em feiras da região. "Começamos com 20 pés e hoje temos 2.300 pés, de onde pretendemos colher cerca de 20 toneladas, que serão usadas para produzir vinho e suco", informou Hermes.

Além do secretário da Agricultura, também participaram do ato o presidente da Fepagro, Danilo dos Santos, o gerente regional da Emater, César Medeiros, prefeitos e lideranças da região, produtores e técnicos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink