Produtividade argentina reflete mais seca que enxurrada
CI
Agronegócio

Produtividade argentina reflete mais seca que enxurrada

Por:
Produção nacional chegou a ser estimada em 55 milhões de toneladas. Porém, apesar da boa produtividade na região que concentra as lavouras, houve perdas periféricas de cerca de 10%

Apesar dos problemas climáticos que a safra de soja e de milho de verão enfrentou, as lavouras argentinas entram na fase mais agitada da colheita com rendimento médio entre normal e bom, conferiu a Expedição Safra Gazeta do Povo, em viagem pelo país na semana passada. Os produtores da zona núcleo (onde concentra-se a maior parte das plantações, entre as províncias de Buenos Aires, Santa Fé e Córdoba) relatam estar atingindo marcas acima de 3 mil quilos por hectare. Segundo eles, a produtividade não é maior devido à falta de chuva entre janeiro e fevereiro deste ano. As enxurradas do plantio acabaram tendo reflexo menor que o previsto no resultado final. 


A produtividade média deve baixar porque, apesar de parte das lavouras de verão estar rendendo mais de 5 mil quilos, a segunda safra, ainda verde, também sofre interferência climática e tende a render marcas próximas de 2,5 mil quilos por hectare no pampa úmido, que abrange a zona núcleo. Desta forma, a média geral deve ficar abaixo da registrada nesta primeira fase da colheita. Por outro lado, ainda acima da registrada um ano atrás, quando faltou chuva paras a soja e o milho.


As máquinas avançam para a segunda metade da extensão plantada e continuarão trabalhando pelo menos até maio. A Expedição Safra segue viagem pela região para conferir resultados em áreas mais periféricas, que, segundo o setor, sofreram mais com a seca que as da zona núcleo.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.