Produtividade será incentivada em MT

Agronegócio

Produtividade será incentivada em MT

Redução por Emissão do Desmatamento e Degradação Florestal deve ser fortalecida
Por:
1805 acessos
Com projeto de lei ainda em consulta pública, a Redução por Emissão do Desmatamento e Degradação Florestal (REDD) deve ser fortalecida com incentivos ao aumento da produtividade na agropecuária, por meio de parceria entre os Institutos GAEA e Centro Vida (ICV). Tema foi pauta de discussão com setor produtivo nesta terça-feira (21) na Federação Mato-grossense da Agricultura e Pecuária (Famato).


Na avaliação do diretor do IGAEA, Bernardo Strassburg, a solução para evitar emissão de carbono é aumentar a produtividade, principalmente na pecuária. "É importante atrair o produtor para essa discussão". Strassburg lembra que o Plano ABC (Agricultura de Baixo Carbono), lançado em Mato Grosso na semana passada ainda está registrando pouca procura por recursos. Coordenador Executivo do ICV, Laurent Micol, diz que tem sido discutida a criação de uma certificação por reduções na emissão de carbono. "Oferecendo esse certificado de REDD, vai ser possível ao proponente buscar um financiador no mercado voluntário ou internacional".


Diretor de relações institucionais da Famato, Rogério Romanini, explica que proposta do REDD é possibilitar aos países com reserva florestal receber compensação financeira pela conservação do bioma. "Temos mais de 60% da nossa vegetação intacta e é justo que tenhamos valorização de nossas florestas". Entre 2006 e 2009, o Estado reduziu o desmatamento em 60% no bioma Amazônia. Até 2020, a meta é alcançar redução de 89%. Isso representa cerca de um terço da meta total de redução das emissões de gases de efeito estufa até 2020.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink