Agronegócio

Produto para conter Ferrugem da Soja é liberado

Sojicultores pediam urgência na liberação do ingrediente ativo
Por: -Carol Oliveira
4795 acessos
Sojicultores pediam urgência na liberação do ingrediente ativo

Devido à urgência de novas substâncias para controle da ferrugem da soja, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autorizou nesta quinta-feira, 26 de setembro, o registro do agrotóxico Orkestra SC, da empresa BASF.

Esse foi o primeiro registro de agrotóxico do grupo das carboxamidas, com o ingrediente ativo fluxapiroxade. “O ministro da agricultura pediu urgência na aprovação da substância com o intuito de garantir a competitividade do mercado e a prática de preços justos aos produtores”, disse Luis Rangel, Coordenador-Geral de Agrotóxicos do Mapa.


Outras duas moléculas se encontram em regime de prioridade máxima para análise e registro dentro do sistema de agrotóxico, que são de responsabilidade da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Mapa.


Atualmente os sojicultores já utilizam produtos dos grupos químicos dos triazois e estrubirulinas. Rangel explica que as carboxamidas vêm para complementar o uso. “O clamor dos sojicultores era grande devido à disponibilização dessas substâncias em diversos países, mas ainda não liberadas no Brasil. Com a intervenção do Antônio Andrade, demonstrando a importância da cultura para o agronegócio brasileiro e a severidade desta doença, foi possível disponibilizar o produto para uso ainda na safra 2013/14”, argumentou.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink