CI

Produtor alcança recuperação judicial milionária

“Somente neste primeiro mês do ano, os casos de recuperação judicial já representam o equivalente ao soma total do último ano”


Foto: Pixabay

A Recuperação Judicial para negócios rurais torna-se uma realidade, com uma decisão favorável ao escritório Amaral e Melo Advogados. A 1ª Vara Cível da Comarca de Mineiros (GO) deferiu o pedido de Recuperação Judicial de um produtor com propriedades em Mineiros e no Mato Grosso, cujos débitos totalizam R$ 44 milhões. O escritório foi procurado devido à dificuldade financeira, e após análise, concluiu-se que uma recuperação judicial seria a melhor opção para permitir a continuidade da produção antes do alto endividamento.

Segundo os advogados especialistas em agronegócio, Leandro Amaral e Heráclito Noé, responsáveis ??pelo processo, a crescente demanda de pedidos de recurso aplicado ao agronegócio já é uma realidade. “Somente neste primeiro mês do ano, os casos de recuperação judicial já representam o equivalente ao soma total do último ano”, afirmam.

“Vemos que o cenário atual, que tende a trazer números igualmente expressivos nos próximos meses, é reflexo de toda uma conjuntura de fatores associados decorrentes dos últimos anos. Entre eles, estão as mudanças climáticas, o efeito da seca prolongada e das chuvas irregulares, os prejuízos com as safras anteriores, a instabilidade econômica no segmento no biênio 2022/23, que atingirão diretamente o valor dos grãos e das commodities, além de outras especificidades que podem variar”, complementa a dupla de advogados.

O produtor com propriedade rural no Mato Grosso causou uma situação notável devido ao alto valor acumulado de suas dívidas. No entanto, Leandro e Heráclito destacam que a aplicação da recuperação judicial ocorre de maneira semelhante. Após a aprovação do pedido, inicia-se um período de 180 dias, durante o qual todos os processos judiciais ficam suspensos, permitindo ao contratante elaborar seu plano, seguido por mais 60 dias para apresentação do planejamento.
 

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.