Produtor de soja em São Borja (RS) acelera colheita
CI
Agronegócio

Produtor de soja em São Borja (RS) acelera colheita

Por:

Depois da chuva do fim de semana e diante da perspectiva de precipitações que já estão ocorrendo hoje (22-04), os produtores reforçaram a colheita de soja em São Borja, no Rio Grande do Sul, e nos municípios da região Noroeste. O agrônomo da Cotrisal, Charles Dalmasso, calcula que estejam colhidos 20% dos 60 mil hectares plantados em São Borja. O receio é que, depois do período de seca, a chuva possa aumentar ainda mais os prejuízos.

Os níveis de rendimento variam conforme a localidade, mas a projeção de produtividade média ainda é de 9 a 10 sacos por hectare. "Quase toda a lavoura atinge o ponto de maturação. Até o final da primeira quinzena de maio a colheita deve estar concluída no município". De acordo com o último levantamento feito por ténicos, São Borja terá quebra de 75% na safra em função da estiagem. Considerando a expectativa inicial de rendimento médio de 35 sacos por hectare, o município deixará de colher 1,75 milhão de sacos do produto.

Na região de Santa Rosa, segundo o presidente da Cotrirosa, Lourival Bublitz, a colheita está próxima do fim. Entre 80% e 90% da área total, estimada em 200 mil hectares, foram colhidas. O dirigente estipula que a quebra de safra deste ano na soja, em função da estiagem, se comparada à produtividade do ano passado, fique em 60%. "Em 2003 tivemos uma produtividade média de 3 mil quilos por hectare e nesta safra a previsão é 1.200 quilos por hectare". De acordo com Bublitz, a chuva que deve atingir o RS só será problemática para a região se for superior a dois dias.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink