Produtor tem esperanças de bons resultados

Agronegócio

Produtor tem esperanças de bons resultados

Por:
358 acessos

 Pro­du­tor de goia­ba há 14 ­anos, o téc­ni­co da Ema­ter Air­ton Jo­sé Soa­res Ca­po­te con­ta que não de­sis­tiu des­sa cul­tu­ra de­pois da gran­de gea­da por­que tem es­pe­ran­ças de ­bons re­sul­ta­dos. ‘‘Quan­do a gen­te plan­ta, aca­ba ten­do uma re­la­ção ­mais sen­ti­men­tal com a cul­tu­ra. De­pois da gea­da fi­quei com dó de ti­rar os ­pomares’’, re­ve­la. ‘‘Te­mos es­pe­ran­ça, sem­pre acha­mos que o pró­xi­mo ano se­rá me­lhor, por is­so não ­desistimos’’, res­sal­ta Ca­po­te.

Pa­ra con­se­guir me­lho­res re­sul­ta­dos com o plan­tio da goia­ba, o pro­du­tor de­ci­diu subs­ti­tuir o po­mar que ha­via na sua pro­prie­da­de de 12 hec­ta­res, sen­do ­três de­les des­ti­na­do à pro­du­ção da fru­ta. Atual­men­te, Ca­po­te tem na pro­prie­da­de 850 ár­vo­res das va­rie­da­des Sé­cu­lo XXI e Sas­sao­ka. Al­guns pés fo­ram plan­ta­dos há pou­co ­mais de um ano e ain­da es­tão bem pe­que­nos. Es­sas ár­vo­res, se­gun­do ele, de­vem co­me­çar a dar fru­tos den­tro de ­dois ­anos. ‘‘Com as no­vas va­rie­da­des, es­ta­mos ten­tan­do agre­gar va­lor ao pro­du­to; bus­ca­mos uma goia­ba de me­lhor apa­rên­cia e ­qualidade’’, fi­na­li­za.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink