Produtoras debatem Código Florestal

Agronegócio

Produtoras debatem Código Florestal

A aprovação do novo texto é vista como prioridade
Por:
882 acessos

A aprovação do novo texto do Código Florestal, proposto pelo deputado Aldo Rebelo, foi elencada, nesta segunda-feira (6), como prioridade do setor primário na 33° Etapa do Fórum do Agronegócio. No evento, realizado pela Comissão das Produtoras Rurais da Farsul na Capital, o tema foi apontado pelos parlamentares Luis Carlos Heinze, Jerônimo Goergen e Nelson Marchezan Júnior e pela senadora eleita Ana Amélia Lemos como principal questão a ser solucionada nos próximos quatro anos. Heinze afirmou que fará pressão política na Câmara para que o texto seja votado entre esta terça-feira (7) e quarta-feira (8). "Se deixarmos para o ano que vem, ele será reavaliado. Vamos reabrir algo que se discute há dois anos", destacou Heinze. Já Goergen não acredita que o texto seja votado neste ano, embora considere o assunto prioritário. "Por esta definição passa a ampliação da produção e da renda", afirmou. Ana Amélia espera que seja possível votá-lo neste ano.

Na sequência do painel "Agronegócio, perspectiva para os próximos quatro anos", foi entregue o Troféu Destaque Feminino Rural 2010 para dez mulheres que se destacaram no agronegócio gaúcho ao longo deste ano.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink