Produtoras rurais aprendem a fazer derivados de leite

Agronegócio

Produtoras rurais aprendem a fazer derivados de leite

Curso ensinou processamento artesanal de leite em Não-Me-Toque (RS)
Por:
1977 acessos

Um grupo de produtoras ligadas à Cotrijal e à Emater teve a oportunidade de aprender, entre os dias 3 e 4 de novembro, a pasteurizar o leite e transformá-lo em vários produtos. Elas participaram do curso sobre processamento artesanal de leite, no Centro de Treinamentos de Agricultores do Alto Jacuí (Cetaj), localizado dentro do Parque da Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque (RS).

O curso envolveu orientações sobre a obtenção higiênica do leite (higiene, micro-organismos e sanidade), boas práticas na fabricação de laticínios, composição e propriedades do leite, pasteurização e práticas dos processos de fabricação. As alunas também aprenderam a fazer os queijos mussarela, colonial, minas e de ricota; iogurtes; bebidas lácteas; doce de leite e pão de soro.

No encerramento, o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Oriberto Adami, ressaltou que o Cetaj vem sendo muito bem aproveitado, mesmo funcionando de uma forma diferente que os demais centros existentes no Estado, onde os participantes dos cursos permanecem também durante à noite. "Os cursos na área de alimentação têm grande aceitação entre os produtores da Cotrijal e da Emater, o que demonstra a importância deste local", disse, parabenizando as participantes.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink