Produtores apostam em híbridos de milho de alto teto produtivo para a safrinha 2019

Milho

Produtores apostam em híbridos de milho de alto teto produtivo para a safrinha 2019

Com híbridos recém-lançados, produtores alcançambatem a casa dos 150 sacas por hectare
Por:
627 acessos

A segunda safra está cada vez mais próxima e, com as condições climáticas favoráveis até o momento, cresce a expectativa com a safrinha de milho. E para ajudar o produtor a extrair o melhor de sua lavoura, a Agroeste, marca com 45 anos no mercado brasileiro, traz um amplo portfólio para o produtor, incluindo lançamentos que performaram muito bem na última safrinha, como o AS 1844 PRO3® para safrinha Sul e o AS 1780 PRO3® para a safrinha norte.

Amaro Schmidt, produtor no município de Toledo (PR) é cliente da Agroeste há seis anos e testou na última safra o AS 1844 PRO3®. "Gostei dele, pois conta com um porte adequado para a safrinha, tem um ótimo arranque inicial e é produtivo. Atingi 150,2 sacas por hectare utilizando uma adubação com 310 quilos por hectare de 12-18-12 e uma aplicação de fungicida em fase de pré-pendoamento", afirma Schmidt. "Nesta safrinha, plantarei o AS 1844 PRO3® e o AS 1633 PRO3®, pois eles contam com um conjunto muito bom de sanidade e excelente arranque inicial", conclui.

Além do AS 1844 PRO3®, a Agroeste também lança o híbrido AS 1770 PRO3® para a safrinha Sul (foco nos estados do PR, MS e SP). Já para Mato Grosso e Goiás, a marca está colocando no mercado o híbrido AS 1780 PRO3®, que combina ciclo precoce com alto potencial de teto produtivo.

Todos os lançamentos da marca contam com a tecnologia VT PRO3®, que auxilia na proteção da raiz do milho contra o ataque da Diabrotica speciosa (larva-alfinete), na proteção até a espiga, contra o ataque de lagartas da parte aérea, além de maior flexibilidade no manejo de plantas daninhas.

"O plantio acelerado da soja nesta safra contribuirá muito com a segunda safra, uma vez que a janela de plantio se deslocará para um período mais propício à cultura do milho. Utilizando híbridos certificados e de alta qualidade, o produtor poderá maximizar seu potencial produtivo", afirma o líder comercial nacional da marca Agroeste, Luiz Marcio Bernardes.

"E para auxiliar na preservação dos benefícios da tecnologia Bt, a Agroeste também oferece híbridos de RefúgioMax, marca de sementes desenvolvidas exclusivamente para o plantio de refúgio de milho. A prática de refúgio estruturado é um importante pilar do Manejo Integrado de Pragas (MIP), uma vez que ajuda a reduzir a população de insetos resistentes e, assim, visa a proteção do potencial de produtividade da lavoura", conclui Bernardes.

Conheça as principais características dos novos híbridos da Agroeste para a safrinha 2019:

Safrinha Sul (PR, MS e parte de SP)

AS 1770 PRO3® - Seu conjunto de ciclo, estabilidade e sanidade de grãos permite explorar todos os ambientes da safrinha Sul.

AS 1844 PRO3® - associa excelente sanidade foliar com potencial de produtividade e bom ciclo para toda a safrinha sul. É recomendado para os plantios de abertura e normal na safrinha sub-tropical.

Safrinha Norte (MT, GO, TO e MG)

AS 1780 PRO3® - combinação de ciclo precoce com excelente potencial de teto produtivo para a safrinha tropical e qualidade de grão. É recomendado para as épocas preferenciais de plantio.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink