Produtores atendidos pelo Senar-ES vencem Prêmio Biguá de Sustentabilidade
CI
Imagem: Divulgação
PREMIAÇÃO

Produtores atendidos pelo Senar-ES vencem Prêmio Biguá de Sustentabilidade

Produtores rurais atendidos pela ATeG do Senar-ES venceram o Prêmio Biguá de Sustentabilidade promovido pela Rede Gazeta
Por:

Produtores rurais atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES) venceram o Prêmio Biguá de Sustentabilidade promovido pela Rede Gazeta. Roque Rocha conquistou o primeiro lugar, na categoria produtor rural no Norte, e Lauro Nóia,o primeiro lugar no Sul do Estado. Fabio dos Santos alcançou o terceiro lugar no Norte.

O produtor Roque Rocha, de São Mateus, apresentou seu trabalho “Recuperação de área degradada para a implantação de sistema Agroflorestal”. Em sua propriedade, após a recuperação do solo, ele plantou seringueira em consórcio com a pimenta-do-reino e o cacau.

“Minha produção de pimenta-do-reino tem dado tão certo que ela sozinha, além de pagar as suas próprias despesas de produção, ainda consegue pagar as despesas de produção do cacau e da borracha. Esse prêmio trouxe o sentimento de reconhecimento do nosso trabalho. O prêmio não é só meu. Eu o dedico a todos os agricultores do Brasil”, disse Roque.

O projeto “Manejo sustentável do solo e conservação de nascente do sítio Nóia Filho", do produtor Lauro Nóia, de Iúna, venceu o Prêmio Biguá no Sul do Espírito Santo. Ele construiu terraços para controle da erosão e para oferecer melhores condições de trabalho no relevo acidentado de sua propriedade e, após alguns meses, iniciou o plantio de café consorciado com árvores de espécies nativas e frutíferas.

“Conquistar o Prêmio Biguá foi emocionante, foi o reconhecimento de que o nosso trabalho está sendo bem feito e que está gerando frutos. Esse é o melhor feedback que poderíamos ter. Se não fosse o Senar, eu não estaria vivendo tudo isso. O Senar me trouxe muito conhecimento através de seus treinamentos e através das integrações dos produtores regionais”, disse Lauro.

Assistência Técnica e Gerencial

A sustentabilidade faz parte da metodologia da Assistência Técnica e Gerencial do Senar, incentivando projetos socialmente justos, ecologicamente corretos, economicamente viáveis e culturalmente diversos para todas as propriedades rurais participantes.

“Aplicamos a ferramenta ISA (Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas) nos atendimentos da ATeG. No início das visitas técnicas, fazemos o diagnóstico da propriedade para verificar seu nível de sustentabilidade e analisamos a evolução a cada doze meses. O técnico de campo traça um plano de ação para que sejam feitas melhorias nos três pilares: ambiental, econômico e social”, explica a analista de supervisão geral da ATeG do Senar-ES, Cristiane Veronesi.

Para participar da ATeG do Senar-ES, basta procurar o Sindicato Rural do seu município ou ligar para (27) 3185-9218.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.