Produtores de leite pedem linha de crédito ao governo
CI
Agronegócio

Produtores de leite pedem linha de crédito ao governo

Por:

Produtores de leite atingidos pela crise da Parmalat pedirão ao Ministério da Agricultura uma linha de financiamento de R$ 500 milhões, a compra de 2.000 toneladas de leite em pó para o programa Fome Zero e empréstimos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para investimentos em projetos de infra-estrutura do campo.

A comissão criada pelo Ministério da Agricultura para propor sugestões para a crise da Parmalat no Brasil --integrada por representantes de governo, indústria, produtores e cooperativas, entre outros do setor-- finalizou documento que foi entregue no início da noite de ontem ao ministro Roberto Rodrigues (Agricultura). Anteontem, Rodrigues disse que o relatório do grupo seria a base das iniciativas do governo.

Segundo Rodrigo Alvim, coordenador do grupo e presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), o setor pedirá linha de crédito ao ministério de R$ 500 milhões.O dinheiro, que seria disponibilizado pelo EGF (Empréstimo do Governo Federal), será destinado à compra e à estocagem de leite pelas indústrias e cooperativas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink