Produtores de maçã estão colhendo menos em SC

Agronegócio

Produtores de maçã estão colhendo menos em SC

Soja, milho, leite, carnes e aves foram alguns dos principais vilões do orçamento doméstico no mês passado
Por:
1 acessos

Os efeitos da estiagem no Sul sobre os produtos no atacado e os preços administrados no varejo elevaram a inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) de 0,40% em fevereiro para 0,99% em março. O resultado superou as expectativas do mercado financeiro, que ia até o teto de 0,95%.

Os três componentes do IGP-DI, calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), registraram aceleração de um mês para o outro: o Índice de Preços por Atacado (IPA) subiu de 0,39% para 1,14%; o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), de 0,43% para 0,70%, e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), de 0,44% para 0,67%.

O principal destaque de alta foi a soja, que, no atacado teve deflação de 7,58% em fevereiro, mas em março subiu 15,75%. "A soja em fase de colheita deveria estar tendo redução de preço", disse o economista da FGV, Salomão Quadros.

Soja, milho, leite, carne e aves são alguns dos produtos que subiram e fazem parte do grupo de matérias-primas brutas do IPA, que passou de uma deflação de 1,10% para uma alta de 2,91% de fevereiro para março. Só esse grupo respondeu por 0,42 ponto percentual (p.p.) no resultado do IGP-DI e 0,70 p.p. do IPA.

Os preços administrados responderam por 0,54 ponto percentual dos 0,70% do IPC, sendo que 0,27 ponto porcentual disso é relativo ao aumento do ônibus urbano em São Paulo e Porto Alegre, observou o economista da FGV André Furtado Braz.

A taxa média nacional captada pelo IPC em março relativa ao ônibus urbano foi de 7,78% e o grupo que mais subiu em março foi o de Transportes, com 2,38%. A alta dos transportes afetou também o INCC, no qual a aceleração em março deve-se basicamente ao aumento do vale-tranporte dos trabalhadores no setor.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink