Produtores de Mato Grosso estão finalizando plantio de soja

Agronegócio

Produtores de Mato Grosso estão finalizando plantio de soja

Os principais municípios produtores de soja já estão finalizando o plantio
Por: -Redação
1 acessos

Os principais municípios produtores de soja do Estado de Mato Grosso já estão finalizando o plantio da safra 2006/07. No município de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá), um dos primeiros a iniciar o plantio da atual safra, já está com 98% de área plantada. Em Tapurah (433 km da Capital) a oleaginosa já alcança 95% da área. As informações divulgadas nesta quinta-feira (16-11) são do Boletim de Acompanhamento de Safra do Instituto Mato-grossense de Economia Agrícola da Famato (Imea).

Nos municípios de Primavera do Leste e Sorriso a área plantada já atinge 90%. Em Ipiranga do Norte, Sinop e Sapezal, 95%. Nas regiões de Campo Novo do Parecis e Rondonópolis a área plantada chega a 75%. No primeiro levantamento da safra 2006/07 divulgado pelo IBGE na semana passada, a estimativa para a soja é de redução de 17% na área de plantio em relação à safra 2005/06. De acordo com esse levantamento, a região que apresenta maior redução é o Centro-Sul Mato-grossense, com redução que chega a 36%. Em termos absolutos, no entanto, a região Norte Mato-Grossense ultrapassa 700 mil ha de redução de área de plantio.

O mercado de soja tanto para os leilões futuros como para o mercado de soja balcão parece animar os produtores. No primeiro leilão do Prop Safra 2006/07 realizado no último dia 10, foram ofertados 4.630 contratos para a região Norte, 4.629 para o Médio Norte e 3.148 para a região Sul do estado. Desse volume, 90,09% foram negociados na região Norte, 68,74% na região do Médio Norte do estado e 10,1% na região Sul.

No mercado de soja balcão, as cotações apresentaram aumento na última semana, impulsionados pelo bom desempenho da commodity na bolsa de Chicago. A média do estado, que no início do mês era de R$ 20,40 a saca, fechou cotado a R$ 21,60 na última terça-feira, aumento de 5,88%. As informações são da assessoria de imprensa da Famato.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink