Produtores de milho comemoram aprovação do ZARC em 2016

Agronegócio

Produtores de milho comemoram aprovação do ZARC em 2016

Regulamentação e ampliação do Zoneamento Agrícola de Risco Climático foi um ganho no ano da crise
Por:
1191 acessos

Em 2016, os produtores de milho e o Estado de Mato Grosso, após 20 anos de Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) comemoraram a regulamentação e ampliação para a cultura do milho segundo safra.

Atualizado anualmente, o estudo é elaborado com o objetivo de minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos, permitindo a cada município identificar a melhor época de plantio das culturas, nos diferentes tipos de solo e ciclos de cultivares.

Hoje, os estudos de zoneamentos agrícolas já contemplam 40 cultras, segundo informações do Mapa, sendo 15 de ciclo anual e 24 permanentes, além do zoneamento para o consórcio de milho com braquiária, alcançando 24 Unidades da Federação. O documento recebe revisão anual e é publicado na forma de portarias, no Diário Oficial da União e no site do Ministério.

São levados em consideração os dados como precipitação, temperatura e consumo hídrico para garantir 80% de chance de êxito nas culturas analisadas. Em outras palavras, o banco recebe uma solicitação de crédito, entra no sistema desenvolvido pela Embrapa e pode verificar online se o agricultor está plantando no momento certo, com a variedade certa e no local indicado. Isso dá mais segurança na hora de fornecer um crédito e seguro rural.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink