Produtores de milho esperam que preço compense perdas em MT

Agronegócio

Produtores de milho esperam que preço compense perdas em MT

A segunda safra do grão é a principal em Mato Grosso. Por causa da estiagem, a produção de milho safrinha do país deve cair 1%
Por:
1760 acessos
A segunda safra do grão é a principal em Mato Grosso. Por causa da estiagem, a produção de milho safrinha do país deve cair 1%
 
A segunda safra de milho é a principal em Mato Grosso, onde a colheita está começando. Os agricultores esperam que o bom preço do produto compense as perdas provocadas pelo clima.

Na fazenda do agricultor Sérgio Bedin, em Sorriso, norte de Mato Grosso, a colheita do milho safrinha começou com uma produtividade satisfatória, em torno de 115 sacas por hectare. Mas, o produtor acredita que deve cair um pouco quando começar a colher os últimos talhões dos 1,6 mil hectares cultivados este ano.

“Esse ano a seca pegou um pouco. Eu acredito que cerca de 20% vai perder em relação ao ano passado”, avalia Bedin.

Com o atraso da colheita da safra de soja, o milho safrinha, que vem logo em seguida, foi plantado um pouco mais tarde este ano. Por isso, muitos agricultores de Mato Grosso acabaram semeando parte da lavoura fora do período recomendado. É nestas áreas que a produtividade deve ser menor.

“Nós temos certeza de que vai haver perdas. Nós sabemos que essas últimas lavouras não completaram o ciclo com umidade suficiente”, explica Elso Pozzobom, presidente do Sindicato Rural.

Mesmo com a expectativa de uma produção menor, os agricultores têm outro motivo para comemorar. O agricultor Joacir Brescansin diz que o bom preço o motivou a vender praticamente toda a produção deste ano. “Em relação aos outros anos está bom. No ano passado, a gente chegou a vender milho a R$ 10. Esse ano, eu vendi entre R$ 16 a R$ 18 a safra”, diz.

Por causa da estiagem, a produção de milho safrinha em todo o país deve cair 1%, segundo a Conab.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink