Produtores de soja devem ficar em alerta em Goiás

Agronegócio

Produtores de soja devem ficar em alerta em Goiás

Em Goiás já há seis ocorrências de ferrugem em quatro municípios
Por: -Redação
1 acessos

Os produtores das regiões de Rio Verde e Chapadão do Céu,em Goiás, estão sendo alertados a realizarem o monitoramento eficiente de suas lavouras de soja contra a ferrugem asiática. A orientação dos técnicos do Programa Estadual de Controle de Pragas da Soja no Estado de Goiás – o Soja Protegida – é de que os produtores observem as condições do clima e fiquem atentos a possíveis focos confirmados de ferrugem em estados, municípios ou lavouras vizinhas. De acordo com dados do Consórcio Antiferrugem - ao qual o Soja Protegida faz parte - em Goiás já há seis ocorrências de ferrugem em quatro municípios: Senador Canedo, montevidiu, Chapadão do Céu e Paraúna. Em Chapadão e Montevidiu as ocorrências são em áreas comerciais.

A recomendação é que os produtores tenham os produtos para o controle da doença disponíveis para a aplicação imediata logo após a identificação do foco. Na safra passada (2005/2006) as primeiras ocorrências nas regiões de Rio Verde e Chapadão do Céu foram registradas em 17 e 25 de novembro. As informações sobre ocorrências nesta safra (2006/2007) podem ser obtidas pelo site; www.cnpso.embrapa.br/alerta. No País, já foram registradas 21 ocorrências nesta safra. Desde de que a ferrugem asiática chegou às lavouras brasileiras, em 2001, os prejuízos acumulados chegam á casa dos US$ 7,7 milhões. As informações são da assessoria de imprensa da Faeg.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink