Produtores de soja do Rio Grande do Sul vão protestar contra apreensão do grão transgênico


Agronegócio

Produtores de soja do Rio Grande do Sul vão protestar contra apreensão do grão transgênico

Por:
1 acessos

Produtores liderados por sindicatos e cooperativas devem realizar uma manifestação em frente ao prédio da Polícia Federal em Passo Fundo (RS) amanhã, durante o depoimento do presidente da Federação da Agricultura (Farsul), Carlos Sperotto. Os agricultores temem um desmantelamento do setor produtivo caso seja comprovada a presença de soja transgênica e apreendida a produção. Sindicatos rurais, prefeituras, cooperativas e entidades ligadas ao setor rural acreditam que a possível apreensão da soja criará uma crise sem precedentes na economia do Estado. Por isso, estão convocando os associados a participar do ato.

"Uma atitude irresponsável pode levar o Estado a perder toda a safra", alertou João Picoli, presidente do Sindicato Rural de Erechim. No norte do Estado, algumas empresas já registram prejuízos por causa da expansão do plantio de transgênicos. A indústria de Sementes Estrela, que há dois anos vendia 150 mil sacas de soja certificada para o plantio, teve queda de 66% nos negócios. No ano passado, vendeu 50 mil sacas, embora a área de cultivo tenha crescido na região. Por isso, a Estrela precisou fechar uma de suas unidades em Erechim, e os prejuízos para o setor são considerados graves. "O sistema produtivo de sementes foi penalizado e vai demorar muito para se recuperar", lamenta o proprietário, Efraim Fischmann.

Como a Estrela, outras empresas se preocupam com a safra que começa a ser colhida. Sem condições de fazer exames para detectar se a soja que está sendo entregue é transgênica, corre-se o risco de receber o produto sem saber. Um teste para detectar a transgenia custa US$ 6,50.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink