Produtores de trigo do RS exigem garantia de preço mínimo para escoar safra
CI
Agronegócio

Produtores de trigo do RS exigem garantia de preço mínimo para escoar safra

Por: -Admin

A Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul se reúne nesta quinta-feira (11-03), a partir das 9h, quando debaterá a situação da comercialização e da safra de trigo 2003. Cerca de 45% da produção gaúcha permanece estocada.

Os triticultores gaúchos estão retendo o produto nos silos e armazéns na expectativa de verem o preço da saca atingir um patamar mínimo remunerador, hoje projetado em R$ 24,00 a saca de 60 quilos. Até o momento, o preço pago ao produtor varia entre R$ 21,00 e R$ 22,50. No Paraná, onde os produtores estão recebendo um preço melhor pela saca, mais de 85% da produção já foi comercializada.

Na avaliação do presidente da Comissão de Agricultura, deputado Jerônimo Goergen (PP), é preciso estabelecer um preço mínimo adequado, sob pena de queda de produção na próxima safra. "Daqui a pouco o produtor se frustra, perde o interesse e abandona o trigo. Precisamos reverter o quadro imediatamente", destaca. A reunião desta quinta-feira também avaliará o andamento dos trabalhos realizados pela Subcomissão do Trigo e o conteúdo do Plano Safra 2004/05.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink