Produtores do MS ainda sobrevivem às perdas na soja


Agronegócio

Produtores do MS ainda sobrevivem às perdas na soja

Por:
0 acessos

Quando São Pedro ajuda, a safra é generosa. É uma vibração só no campo. Mas quando a chuva teima em não aparecer nos dias certos, a preocupação vem junto com a colheita. É certo que Mato Grosso do Sul não vai fechar este ano com os mesmos números de produção de 2003. As perdas calculadas pelo IBGE para a soja somam 1,248 milhão de toneladas de grãos, com quebra de 27% da produção. Ou seja, dos 5.012 milhões de toneladas de grãos, vamos colher 3.764 milhões de toneladas.

Mas se a safra não deu de um lado, do outro, ao menos, aponta saídas para evitar prejuízos na hora de pagar os financiamentos da lavoura e das máquinas. Com a saca a US$ 17,00, a perda maior é na área de plantio e na redução de lucros, mas se o “Santo” ajudasse certamente o setor produtivo estaria nadando (literalmente) nos dólares e o Brasil bateria novo recorde da safra e das exportações. Mesmo assim, alguns produtores de regiões castigadas pela seca, na região sul do Estado, ainda estão fazendo boa colheita.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink