Produtores do RS voltam à soja convencional

Agronegócio

Produtores do RS voltam à soja convencional

A Justiça indeferiu cinco ações de produtores que tentavam garantir o cultivo transgênico num raio de 500 metros da Floresta Nacional
Por: -Redação
1 acessos

A Justiça Federal de Passo Fundo (RS) indeferiu cinco ações de produtores de soja que tentavam garantir o cultivo transgênico em áreas num raio de 500 metros da Floresta Nacional de Passo Fundo. O advogado dos produtores, Ioberto Banunas, entrou com recursos no Supremo Tribunal Federal, mas como a decisão só sairia após o plantio, o grupo retornou ao cultivo do grão convencional.

Cerca de 80 sojicultores não foram beneficiados pelo decreto no 5.950 que permitiu o cultivo da soja tolerante ao glifosato desde que a uma distância de 500 metros do perímetro das unidades de conservação. A distância anterior era de 10 km. O setor produtivo espera que o plano de manejo que definirá as regras definitivas seja submetido à aprovação do Ibama em janeiro.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink