Produtores gaúchos esperam super safra de azeitonas

Olivicultura

Produtores gaúchos esperam super safra de azeitonas

Projeção é de até 175% de crescimento
Por: -Eliza Maliszewski
542 acessos

A colheita da azeitonas alcança cerca de 90% dos olivais já colhidos no Rio Grande do Sul. Esta deve ser a maior safra da história. Com uma área plantada que ultrapassa os 5 mil hectares, em 2017 foram 58 mil litros de azeite. Neste ano, inicialmente, eram estimados 160 mil litros de azeite mas a projeção ainda pode ser batida, ultrapassando 175% em relação ao ano passado, conforme confirma  o coordenador das Câmaras Setoriais da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Paulo Lipp. " O clima foi favorável neste ano e novas áreas entraram em produção. A previsão é que 600 hectares novos passem a produzir a cada ano assim que cheguem a cerca de quatro anos de idade", ressalta.

Para aperfeiçoar a atividade os olivicultores e produtores de azeites estão reivindicando aos representantes de laboratórios para que as entidades façam o credenciamento no Inmetro e no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para que as análises químicas possam ser utilizadas para comercialização de azeites. Lipp destaca que isso não será mais viável neste ano. As amostras deverão ser enviadas para laboratórios em São Paulo, o que aumenta tempo e custos. “ Tanto o laboratório da Embrapa, pronto há alguns anos, quanto o da UFSM, apresentado no ano passado, ainda estão por iniciar os processos de solicitação de certificação necessários para fornecimento de análises que possam constar do rótulo dos azeites”, completa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink