Produtores goianos estão impedidos de plantar soja até 30 de setembro

Agronegócio

Produtores goianos estão impedidos de plantar soja até 30 de setembro

A Secretaria da Agricultura lembra que o produtor é proibido de plantar soja durante esse período e não deve manter a planta viva na entressafra, eliminado as sementes remanescentes que permaneceram na lavoura
Por:
562 acessos

Os produtores rurais devem ficar atentos ao vazio sanitário, medida que proíbe o plantio de soja no período entre 1º de julho e 30 setembro. A medida, estabelecida em 2006 por meio da legislação estadual, visa acabar com a praga da soja, a chamada ferrugem asiática, que ataca a cultura causando queda da produção. Goiás foi pioneiro ao estabelecer o vazio sanitário por meio do Programa Goiás Soja Protegida.

A Secretaria da Agricultura lembra que o produtor é proibido de plantar soja durante esse período e não deve manter a planta viva na entressafra, eliminado as sementes remanescentes que permaneceram na lavoura. Isso porque o fungo só sobrevive e se multiplica em hospedeiro vivo. Sem planta viva, o fungo não se alimenta, não se reproduz e entra na safra seguinte com menos pressão, causando estragos reduzidos e demandando menos fungicida, o que garante economia ao produtor.

O fungo, que é extremamente agressivo, encontra no Brasil e principalmente no Cerrado clima muito favorável ao seu desenvolvimento, em grande extensão de área cultivada de soja. A Seagro ressalta que é muito importante que cada produtor cuide da sua lavoura, respeitando o vazio sanitário e observando se não há grãos de soja espalhados pela lavoura durante a entressafra. Os produtores que não cumprirem a lei estão sujeitos as ações punitivas, com multas que variam de R$ 2,5 mil a R$ 50 mil.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink