Produtores iniciam plantio de milho em Campo Mourão (PR)

Agronegócio

Produtores iniciam plantio de milho em Campo Mourão (PR)

Os produtores rurais aproveitaram a chuva dos últimos dias e iniciaram o plantio de milho
Por:
313 acessos

Os produtores rurais aproveitaram a chuva dos últimos dias e iniciaram o plantio de milho. A chuva foi irregular e não atingiu toda a região de Campo Mourão (PR), por isso, nem todos os agricultores começaram o cultivo. De acordo com dados da Fazenda Experimental da Coamo, choveu nas proximidades 16 milímetros.

Já em Engenheiro Beltrão as precipitações foram de 17 milímetros, em Araruna 46 milímetros, Peabiru 48 milímetros, Luiziana 20 milímetros, Mamborê 21 milímetros e Roncador 24 milímetros. A recomendação técnica é para que o plantio só seja iniciado após chuvas acima de 30 milímetros. “As chuvas não atingiram toda a região com a mesma intensidade. Não é recomendado plantar em locais onde choveu menos que 30 milímetros, pois a estiagem foi longa e a terra estava muito seca”, comenta o engenheiro agrônomo da Coamo, Luis Voytena.

Segundo ele, o plantio na região atrasou cerca de 15 dias e deverá atrapalhar o planejamento para quem pretendia plantar o milho safrinha no ano que vem. “Já a safra de verão que está sendo semeada agora não deverá sofrer se o clima ajudar daqui para frente. O período recomendado para o plantio de milho segue até o dia dez de novembro”, observa.

O produtor rural Vicente Mignoso começou ontem a semear a safra de verão. Serão ocupados 50 alqueires com o milho e o plantio já deveria ter sido efetuado há 15 dias. “Esse atraso não deverá comprometer essa safra que estamos plantados, mas sim o planejamento para o milho safrinha”, ressalta. Na propriedade dele, que fica no anel viário, choveu 30 milímetros. “Já é o suficiente para o plantio. Esperamos que nos próximos dias volte a chover”, assinala.

O agricultor, Gabriel Jort, também começou a semear o milho. "Foram 50 milímetros na sexta-feira entre os períodos da manhã e a tarde, e mais três milímetros na tarde deste domingo", revela Jort que, há mais de dez anos mantém um quadro estatístico reunindo diariamente as precipitações pluviométricas. "Agora a nossa missão é correr contra o tempo e fazer a nossa parte: plantar e plantar", prevê, acreditando que a safra 2007/08 será satisfatória.

Nessa safra a área de cultivo da cultura deverá subir 6,25% em relação a passada e passará de 64 para 68 mil hectares na região. Na última safra de milho de verão, os produtores obtiveram a maior produção dos últimos anos e a média de produtividade ficou em 365 sacas. Se repetir a mesma produtividade a região de Campo Mourão deverá colher 612 mil de toneladas na próxima safra. Na safra de 2005/06 a área plantada com milho foi de 62 mil hectares. Comparada com a próxima safra, o aumento é de 9,8%.

No Paraná, a área de plantio de milho será 3% maior do que o ano passado. A cultura está avançando em decorrência do aumento de preços e das exportações do produto. O produtor paranaense está vivendo um momento histórico porque o milho está com preços bons e a tendência é que as cotações desses produtos continuem em alta nos próximos anos.

A área plantada com milho da primeira safra cresce de 1,327 milhão de hectares plantados no ano passado para 1,367 milhão de hectares, um avanço de 40 mil hectares. Em condições normais de clima o Estado tem potencial para produzir 8,71 milhões de toneladas. Na safra 2006/07 foram colhidos 8,86 milhões de toneladas na primeira safra porque o clima foi considerado excepcional, informa o Deral.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink