Produtores intensificam semeadura das culturas de verão no RS
CI
Agronegócio

Produtores intensificam semeadura das culturas de verão no RS

As lavouras de milho se encontram, aproximadamente, 10% defasadas em relação à média histórica
Por: -Janice

As precipitações, até o início desta semana, foram benéficas para a semeadura de grãos de verão, proporcionando ótimas condições de umidade na maioria das regiões do RS. Segundo o Informativo Conjuntural, elaborado pela Emater/RS-Ascar, isso acelerou a realização da semeadura das lavouras de milho que estão em andamento e se encontram, aproximadamente, 10% defasadas em relação à média histórica. Nas regiões Noroeste e Alto Uruguai deverão ser replantadas algumas áreas pontuais, em decorrência da má germinação das plântulas, ocorrida pela falta de umidade no início da semeadura.

Avançou o plantio de feijão, reduzindo o atraso inicial. Nesta semana, a diferença de área plantada em relação à média histórica diminuiu para 37%, já alcançando 20% da área estimada para esta safra, que é de apenas 74 mil hectares, 4,13% menor que a passada. Outros 15% da área estão na fase de desenvolvimento vegetativo.

Já os arrozeiros e os produtores de soja continuam realizando os preparativos para implantação das lavouras. Na soja, os integrantes do setor produtivo continuam planejando a cultura, elaborando projetos de custeio para a safra e comprando sementes e insumos, enquanto grande parte da área destinada à futura produção ainda se encontra com pastagens, plantas de cobertura, lavouras de trigo, canola e cevada em seu lugar. E no arroz, na semana os produtores continuaram os preparativos para a implantação das lavouras. Também, neste período, as fortes precipitações em algumas áreas da Zona Sul e Central do Estado prejudicaram e paralisaram os trabalhos de sistematização dos quadros. As barragens e açudes que reservam água para as lavouras de arroz estão com nível ótimo de suas capacidades, permitindo o cultivo da totalidade da área prevista.

Após o retorno das precipitações e de condições meteorológicas adequadas, o desenvolvimento das lavouras de trigo teve melhoras na sua evolução, já apresentando áreas em fase inicial de enchimento de grãos. Porém, a cultura ainda está, na sua maioria, nos estágios de desenvolvimento e floração. Até aqui, percebe-se que as áreas em espigamento e floração têm alto potencial produtivo e boa sanidade. Os produtores seguem realizando aplicações de agroquímicos para controle de doenças e pulgão.

As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS-Ascar.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink