Produtores querem trazer Congresso Mundial da Carne a MS

Agronegócio

Produtores querem trazer Congresso Mundial da Carne a MS

O congresso é realizado a cada dois anos. Em 2008, o evento ocorre na África do Sul, e em 2010 deverá ser na Argentina
Por:
88 acessos
As entidades ligadas à pecuária em Campo Grande pretendem trazer ao município a edição de 2012 do International Meat Congress (Congresso Internacional da Carne), considerado o maior evento em caráter mundial envolvendo produtores e varejistas do setor da carne. A intenção foi apresentada na manhã dessa segunda-feira(07-04) ao prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) e à secretária de Produção e Turismo, Tereza Cristina Corrêa da Costa, durante reunião no gabinete do município na Expogrande.


Segundo Ademar da Silva Junior, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, o congresso é realizado a cada dois anos. Em 2008, o evento ocorre na África do Sul, e em 2010 deverá ser na Argentina. “`Para 2012 está prevista a realização no Brasil, e queremos trazer para cá”, adiantou. O dirigente da Famasul justificou que “o congresso reúne países produtores e, em paralelo, há congressos menores”, e a realização de um evento desse porte poderia projetar o setor no Estado.


A opinião é compartilhada por João Carlos Sobrinho, titular da Satur (Secretaria Municipal de Agronegócio, Turismo, Planejamento, Ciência e Tecnologia). Ele lembrou que, até antes dos casos de febre aftosa de 2005, Mato Grosso do Sul respondia por 40% das exportações brasileiras de carne. E agora, no momento em que busca a recuperação no setor, é importante buscar a exposição do produto local.


“Não podemos permitir que o Canadá, por exemplo, seja mais eficiente que Campo Grande no marketing. Temos no nosso entorno os dez melhores frigoríficos do País, e também industrializamos a carne mais barata que o mundo possui”, afirmou.

As propostas para atração do congresso incluem a divulgação da produção local e planejamento que inclui as próximas edições da Expogrande – que já começam a ser discutidas. Não está descartada a realização de um grande churrasco, “talvez o maior do País”, conforme detalhou Sobrinho, para atrair os olhares para o município.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink